Olá Visitante
Login | Cadastre-se

Roteiro Caminhos de Pedra

Mãos que constroem

Seja bem-vindo ao Caminhos de Pedra, um roteiro histórico e cultural na Serra Gaúcha!

AO LADO VOCÊ ENCONTRARÁ O MENU COM OS PONTOS DE VISITAÇÃO.

O Roteiro Caminhos de Pedra funciona 365 dias por ano das 9 às 17h30m (podendo ocorrer, eventualmente, que algum estabelecimento esteja no seu turno de folga).

Os pontos que tem atendimento tratam-se de propriedades particulares de descendentes de imigrantes, com atendimento realizado geralmente pela família dos proprietários, onde há demonstração e/ou degustação e explicação local.

Em alguns desses estabelecimentos é cobrada uma taxa por visitante. O valor das taxas, contatos e outros detalhes, estão descritos nas páginas de cada empreendimento. Para acessar clique em cada atrativo no menu ao lado direito.

Observação: Para visitas de grupos é indispensável o acompanhamento de um Guia Local e agendamento prévio nos estabelecimentos cujos contatos estão nas páginas de cada estabelecimento. 

Tempo estimado de passeio 1 dia.

História

Primórdios dos Caminhos de Pedra Nona Merlo fotografada por turistas na Casa Righesso

O Roteiro passou a ser concebido quando da realização de um levantamento do acervo arquitetônico de todo o interior do município de Bento Gonçalves, ocorrido no ano de 1987. Constatou-se então que a Linha Palmeiro e parte da Linha Pedro Salgado, área abrangida basicamente pelo Distrito de São Pedro, composto por 7 comunidades, (São Pedro, São Miguel, Barracão, São José da Busa, Cruzeiro, Santo Antonio e Santo Antoninho) possuía o maior acervo de casas antigas, conservava sua cultura e história, tinha acesso fácil e, conseqüentemente, um grande potencial turístico, apesar da decadência e abandono por que vinha passando desde a década de 1970 com a mudança de traçado da rodovia que ligava Porto Alegre ao norte do estado.

Esse precioso acervo material, parcialmente abandonado e esquecido, exigia uma ação rápida para não ter a mesma sorte de tantas e tantas casas de pedra, madeira e alvenaria que acabaram ruindo ou sendo demolidas. Com recursos do Hotel Dall’Onder as primeiras 4 casas foram restauradas e passaram a receber visitação e outras tiveram obras emergenciais. O primeiro grupo de turistas proveniente de São Paulo, através da Operadora CVC foi recebido na Casa Merlo, Casa Bertarello, Ferraria Ferri e Cantina Strapazzon em 30 de maio de 1992.

O sucesso do novo roteiro animou tanto os idealizadores quanto a comunidade. Em 10 de julho de 1997, com assessoria do SEBRAE foi fundada a Associação Caminhos de Pedra, congregando empreendedores e simpatizantes. Montou-se então um projeto abrangente que contemplava o resgate de todo o patrimônio cultural, não só o arquitetônico, envolvendo língua, folclore, arte, habilidades manuais, etc. Este ambicioso projeto foi aprovado pelo Conselho Estadual de Cultura em 10 de agosto de 1998 passando a partir de então a captar recursos das empresas locais através da recém criada LIC (Lei de Incentivo à Cultura do Estado do RS).

Atualmente a Associação Caminhos de Pedra conta com mais de uma centena de associados e o projeto, considerado pioneiro no Brasil em termos de turismo rural e cultural, está recebendo uma visitação média anual de 60.000 turistas. O roteiro está em expansão e possui 15 pontos de Visitação (links no menu ao lado) e 56 pontos de Observação Externa.

De acordo com a Lei Estadual 13.177/09, que nos declarou patrimônio histórico do RS, considera-se como área de abrangência dos Caminhos de Pedra a Linhas Palmeiro e Pedro Salgado, localizadas nos municípios de Bento Gonçalves e Farroupilha, até o limite do município de Caxias do Sul, passando por Caravaggio.

Pontos para Visitação

Construção típica de Pedra que conta um pouco da história da região

O Roteiro Caminhos de Pedra funciona 365 dias por ano das 9 às 17h30m (podendo ocorrer, eventualmente, que algum estabelecimento esteja no seu turno de folga).

Os pontos que tem atendimento são apresentados no menu ao lado, tratando-se de propriedades particulares de descendentes de imigrantes, com atendimento realizado geralmente pela família dos proprietários, onde há demonstração e/ou degustação e explicação local.

Em alguns desses estabelecimentos é cobrada uma taxa por visitante. O valor das taxas, contatos e outros detalhes, estãarão descritos nas páginas de cada empreendimento. 

Observação: Para visitas de grupos é indispensável o acompanhamento de um Guia Local (Clique aqui para acessar lista de contatos dos guias de Bento Gonçalves) e agendamento prévio nos estabelecimentos cujos contatos estão nas páginas de cada estabelecimento. 

Tempo estimado de passeio 1 dia.

Pontos para Observação

Observação

Os Caminhos de Pedra contam com mais de 50 pontos de Observação Externa do patrimônio arquitetônico e da paisagem, devidamente localizados no mapa. Ao clicar nos links abaixo você acessará algumas informações e fotografias dos mesmos.

INFORMAÇOES

Rua Erny Hugo Dreher, 227, sala 10
www.caminhosdepedra.org.br
Fone (54) 3454-5702
informacoes@caminhosdepedra.org.br

   
  • Atrativos
    Em Nova Pádua
     

    Caverna do Curuzu .

    Caverna em meio ao vale, com grande profundidade e largura de 15 metros e alturade de 4 metros. Com suas lendas e histórias que perpassam gerações..
     
    Veja mais informações de Caverna do Curuzu .
  • Atrativos
    Em São José dos Ausentes
     

    Pico do Monte Negro.

    Localiza-se a 45km da sede do município, com acesso pela estrada municipal Silveira, constituindo-se no ponto mais alto e frio do Rio Grande do Sul, com 1403m de altitude..
     
    Veja mais informações de Pico do Monte Negro.
  • Atrativos
    Em Igrejinha
     

    Morro Alto da Pedra.

    Á 700 metros acima do nível do mar, é utilizado para decolagens de Asa-delta e de Parapente (voo livre). Estrada geral de Serra Grande, cerca de 7,5 km do centro da cidade, por estrada de chão até a base do morro. Estrada de subida com dois trechos concretados de .
     
    Veja mais informações de Morro Alto da Pedra.
  • Atrativos
    Em Carlos Barbosa
     

    Morro do Diabo.

    Considerada como uma das melhores rampas para a prática do voo livre do estado, este atrativo possui 665m de altura e um excelente acesso. Além disso, conta com infraestrutura turística para receber atletas e visitantes. O local abriga diversas competições do g&eci.
     
    Veja mais informações de Morro do Diabo.
 ,